WTA

WTA - Women's Tennis Association


A WTA tem origem em 1970 nos Estados Unidos da América.
Desde o início da era Open, dois anos antes, homens e mulheres não eram tratados da mesma maneira, os prêmios femininos reduzidos a uma fração dos prêmios masculinos.


Gladys Heldman, fundadora e diretora da revista World Tennis, decide então instaurar um circuito profissional exclusivamente feminino e autônomo. Nove jogadoras, the Original Nine, aceitam segui-la nesse projeto: Billie Jean King, Rosie Casals, Nancy Richey, Kerry Melville, Peaches Bartkowicz, Kristy Pigeon, Judy Dalton, Valerie Ziegenfuss e Julie Heldman (filha de Gladys Heldman).


Rapidamente, Gladys Heldman obtém o apoio financeiro de Philip Morris e, em 23 de setembro de 1970, é organizado em Houston (Texas) o primeiro torneio do recém-criado Virginia Slims tour, dotado de 7 500 dólares.


Em 1971, dezenove torneios são programados pour um total de prêmios de 309 100 dólares.
Em 1973, Billie Jean King cria a WTA com o intuito de defender o interesse das jogadoras e de englobar o maior número possível de torneios femininos em uma mesma organização (essa unificação será finalmente efetiva em 1983); no mesmo ano, no US Open, homens e mulheres dividem prêmios iguais.


A WTA assina em 1974 seu primeiro contrato de retransmissão por televisão com a CBS.
Duzentas e cinqüenta jogadoras são profissionais em 1980, disputando cinqüenta torneios pelo mundo.
Em 1982, Martina Navrátilová torna-se a primeira desportista a ultrapassar o milhão de dólares em uma temporada.


Os rankings acumulam pontos das últimas 52 semanas, que vão caindo gradativamente no próximo período, dependendo do número de pontos a defender e os novos a serem conquistador. A classificação do jogador é definida por, no máximo, 16 torneios de simples e 11 de duplas, concedendo pontos por o quão longe vai nesses eventos. A base de cálculo incluem os torneios que mais oferecem pontos, incluindo os Grand Slam, Premier Mandatory e os de fim de ano. Além disso, os dois melhores resultados em Premier 5 contam para jogadoras dentro do top 20.


Categorias de torneios


Existem diferentes categorias de torneios no circuito WTA.
Por ordem de importância:
    •    Os quatro torneios do Grand Slam

    •    O Masters de tênis feminino (Sony Ericsson Championships), no final da temporada, incluindo as oito ou dezesseis melhores jogadoras da temporada e distribuindo três milhões de dólares (US$ 3 000 000) em prêmios :


    •    Até 2008 existiam quatro classes de torneios WTA :
    1.    Torneios Tier:
    1.    Torneios WTA Tier I — prêmio mínimo de US$ 1 340 000: dez (10) torneios Tier I.
    2.    Torneios WTA Tier II — prêmio mínimo de US$ $600 000: dezesseis (16) torneios Tier II.
    3.    Torneios WTA Tier III — prêmio mínimo de US$ $175 000: dezessete (17) torneios Tier III.
    4.    Torneios WTA Tier IV — prêmio mínimo de US$ $145 000: doze (12) torneios Tier IV.


    •    A partir de 2009 os torneios da WTA passaram a ser divididos em
    1.    Premier Mandatory - quatro (4) torneios com premiação de US$ 4 500 000, que são: Indian Wells, Miami, Madrid e Pequim.
    2.    Premier 5 - cinco (5) torneios com premiação de US$ 2 000 000, que são: Dubai, Roma, Cincinnati, Montreal/Toronto e Tóquio.
    3.    Premier - dez (10) torneios com premiações entre US$ 600 000 até US$ 1 000 000.
    4.    Torneios Internacionais - trinta e um (31) torneios com premiação de US$ 220 000.
    5.    Commonwealth Bank Tournament of Champions - torneio realizado no fim da temporada com as melhores jogadoras e premiação de US$ 600 000.


Pontos na classificação WTA também podem ser obtidos em certos torneios da Federação Internacional de Tênis (ITF) abaixo de Tier IV.

Rankings


Os rankings foram instaurados em novembro de 1975. Informatizados e publicados a cada semana, são calculados segundo os pontos obtidos nos diversos torneios, de acordo com a importância ou categoria deles.
Cada jogadora acumula pontos com base nos dezessete melhores torneios que disputou ao longo das 52 semanas anteriores. Aquela que obtiver o maior total é designada primeira (número 1 do mundo) num dos rakings da WTA (simples ou duplas).


Os rankings da WTA são equivalentes aos rankings da ATP.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade