ATP 1000

  • Crédito: ATP.

    Finalista em Xangai, Novak Djokovic aponta para a liderança do ranking mundial.

Novak Djokovic mira o topo do mundo

Com a vaga na final do Masters 1000 de Xangai, sérvio assume a segunda posição do ranking mundial
Por: Redação - 13/10/2018 12:25:29
379 visualizações

Antes do Grand Slam de Wimbledon poucos apostaram que Novak Djokovic retornaria ao segundo lugar no ranking mundial da ATP. Neste sábado, após a vitória sobre Alexander Zverev na semifinal do Masters 1000 de Xangai, na China, o sérvio de 31 anos confirmou a volta ao grupo dos dois melhores do ranqueamento, mas o principal objetivo é terminar o ano na liderança.

“Estou orgulhoso de ser o novo número dois do mundo, mas o que quero é ser número um no final do ano. Considerando que os primeiros cinco meses de competição se basearam em recuperar de uma lesão [cotovelo direito] e não joguei ao meu melhor nível, passei de um extremo para o outro”, ratificou o campeão de Wimbledon e do US Open nesta temporada.

“Tenho que lutar pelos próximos torneios, mas acabar o ano no topo do tênis mundial depois do calvário que vivi seria algo extraordinário”, afirma o sérvio. Neste domingo, às 5h30 (horário de Brasília), diante do croata Borna Coric, Novak Djokovic tem a oportunidade de conquistar o quarto troféu do Masters 1000 de Xangai e ficar a apenas 215 pontos atrás do espanhol Rafael Nadal, líder do ranking mundial.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade