Grand Slam

  • Crédito: Wimbledon.

    Rafael Nadal continua em busca do tricampeonato do Grand Slam de Wimbledon.

Nadal supera Delpo e está na semifinal

Em um grande jogo, número um do mundo vence argentino e está mais próximo do título em Wimbledon
Por: Redação - 11/07/2018 16:52:09
771 visualizações

Como esperado, Rafael Nadal e Juan Martín del Potro fizeram uma partida espetacular válida pelas quartas de final do Grand Slam de Wimbledon. Nesta quarta-feira, no gramado sagrado da quadra central do All England Club, em Londres, na Inglaterra, o número um do ranking mundial apresentou o habitual desempenho intenso e eficiente e superou o equilibrado duelo diante do argentino, número quatro do mundo, por 3 sets a 2 (7-5, 6-7, 4-6, 6-4 e 6-4), em 4h47.

Com a quinta vitória na edição de 2018, Rafael Nadal mantém a série invicta em jogos válidos pelas quartas de final do Grand Slam de Wimbledon. Além disso, depois de sete anos, o número um do ranking mundial está na semifinal do Major britânico e continua em busca do tricampeonato do torneio, fato que não acontece desde 2010.

Nesta sexta-feira, na quadra central, o espanhol tem como próximo desafio o sérvio Novak Djokovic, que derrotou o japonês Kei Nishikori, por 3 sets a 1 (6-3, 3-6, 6-2 e 6-2), em 2h35. Será a terceira vez que Nadal e Djokovic vão se enfrentar no Grand Slam de Wimbledon, com uma vitória para cada lado.

No lado derrotado, Juan Martín del Potro perdeu a chance de disputar a sua segunda semifinal em Wimbledon e de assumir pela primeira vez a terceira colocação no ranking mundial. Porém, o argentino soma 315 pontos e se consolida na quarta posição do ranking mundial.

Isner vai estrear na semifinal

Com grande desempenho, John Isner aplicou a virada e derrotou o canadense Milos Raonic, número 32 do ranking mundial, por 3 sets a 1 (6-7, 7-6, 6-4 e 6-3), em 2h42. Pela primeira vez na carreira, o norte-americano vai disputar uma semifinal de Grand Slam. Nesta sexta-feira, o número 10 do ranking mundial busca a inédita final no All England Club diante de Kevin Anderson, que surpreendeu Roger Federer e venceu o atual campeão, por 3 sets a 2 (6-2, 7-6, 5-7, 6-4 e 13-11), em 4h14.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade