Grand Slam

  • Crédito: Ian Walton/Wimbledon.

    Na noite de domingo, Novak Djokovic participou do jantar dos campeões de Wimbledon.

Djokovic não esperava vencer em Wimbledon

Tetracampeão do Grand Slam britânico afirma que não acreditava estar em plenas condições na grama
Por: Redação - 16/07/2018 17:01:27
471 visualizações

O quarto título de Novak Djokovic no Grand Slam de Wimbledon continua gerando notícias. Nesta segunda-feira, em entrevista ao site da ATP, o número 10 do ranking mundial revelou que não esperava estar em plenas condições físicas no gramado do All England Club, depois dos problemas enfrentados com a lesão no cotovelo direito.

"Eu não esperava voltar à melhor forma em Wimbledon tão rápido. Se você me perguntasse isso após Roland Garros, eu provavelmente duvidaria disso. Ao mesmo tempo, há uma parte em mim que sempre acredita nas minhas habilidades, na qualidade do meu tênis, no que tenho. Quando eu venho a um torneio, especialmente Grand Slam, eu acredito que tenho uma grande oportunidade de lutar pelo troféu", confessa.

Novak Djokovic também comentou sobre as dificuldades no período de recuperação da lesão no cotovelo direito. "Houve momentos em que eu estava frustrado e questionando se eu chegaria ao nível desejado ou não. Mas isso faz esta aventura ainda mais especial pra mim. É fácil falar agora, olhar para trás e estar grato, mas eu realmente sou grato por passar por esse mix de emoções, turbulências mentais, momentos de dúvida, frustração e raiva. Geralmente é uma luta onde você se conhece, tem a oportunidade de ressurgir das cinzas como uma fênix e melhorar", exalta.

“Aprendi como ser paciente nesse processo. Retornando à fevereiro, quando fiz a cirurgia no cotovelo, fui muito paciente. Eu queria voltar e competir o mais rápido possível", afirma o sérvio de 31 anos, que venceu Kevin Anderson (6-2, 6-2 e 7-6) para ficar com o tetracampeonato do Grand Slam de Wimbledon.

“Eu não poderia estar num lugar melhor, para ser honesto, estar no pico do mundo e fazer esse retorno. Wimbledon sempre foi um torneio muito especial pra mim. Sonhei em vencê-lo quando tinha sete anos. Eu sempre fiz troféus de Wimbledon improvisados", brinca Djokovic, que participou na noite de domingo do jantar dos campeões ao lado de Angelique Kerber.

Agora, Novak Djokovic tira um breve período de descanso para iniciar a preparação para a temporada norte-americana, que tem como ápice o US Open, que tem início no próximo dia 27 de agosto.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade