WTA Finals

  • Crédito: Clive Brunskill/Getty Images Sport.

    Elina Svitolina comemora o título inédito do WTA Finals em Singapura.

Elina Svitolina é campeã do WTA Finals

Ucraniana aplica a virada em Sloane Stephens e conquista o seu maior troféu como profissional
Por: Redação - 28/10/2018 11:16:11
172 visualizações

Em uma final com nove quebras de serviço, Elina Svitolina vence três break points a mais que Sloane Stephens e conquistou o inédito título do WTA Finals. Neste domingo, no piso duro da quadra central, em Singapura, a ucraniana de 24 anos passou por muitas dificuldades na parcial inicial, mas mudou a estratégia e aplicou a virada para vencer a norte-americana, por 2 sets a 1 (3-6, 6-2 e 6-2), em 2h23.

Em seu oitavo ano como profissional, Elina Svitolina conquistou o seu maior título da carreira no torneio que reúne as oito melhores tenistas da temporada. Ao todo, a número sete do mundo terá que abrir mais um espaço na sua estante já que conquistou o seu 13º troféu como profissional.

Com a quinta vitória no WTA Finals, Elina Svitolina fecha a temporada com a taça e com 44 vitórias em 59 partidas em 2018. Com o inédito resultado em Singapura, a ucraniana vai somar 1.500 pontos na próxima atualização do ranking mundial que acontece nesta segunda-feira e retornará à quarta colocação do quesito da WTA, seu segundo melhor posicionamento como profissional.

No lado derrotado, Sloane Stephens perdeu a sua terceira semifinal consecutiva na temporada. Desde o título do WTA Premier Mandatory de Miami, a norte-americana de 25 anos foi vice-campeã em Roland Garros, do Premier 5 de Montreal e do WTA Finals. Com as quatro vitórias em Singapura, Stephens 37 triunfos e 19 derrotas em 2018.

O vice-campeonato inédito do WTA Finals 1.080 pontos para Sloane Stephens na próxima atualização do ranqueamento e vai assumir a quinta colocação no quesito mundial.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade