Fed Cup

  • Crédito: Paul Zimmer/Fed Cup.

    Shelby Rogers e CoCo Vandeweghe garantiram o troféu da Fed Cup 2017.
  • Crédito: Paul Zimmer/Fed Cup.

    Equipe norte-americana levanta o belo troféu da Fed Cup.

EUA conquistam o 18º título da Fed Cup

Shelby Rogers e CoCo Vandeweghe vencem o jogo final e encerram um tabu de 17 anos sem troféus
Por: Redação - 12/11/2017 16:20:29
165 visualizações

Depois de três vice-campeonatos, o tradicional tênis dos EUA voltou ao seus dias de glórias e conquistou o 18º troféu da Fed Cup. Neste domingo, na Arena Chizhovka, em Minsk, na Bielorrússia, Shelby Rogers e CoCo Vandeweghe calaram a torcida e derrotaram as mandantes Aliaksandra Sasnovich e Aryna Sabalenka, por 2 sets a 0 (6-3 e 7-6), em 1h51. Após cinco partidas, o placar final ficou EUA 3 x 2 Bielorrússia.

Com o triunfo no leste europeu, as norte-americanas quebraram um jejum de 17 anos sem conquistas e aumentaram a vantagem no quadro de maiores campeãs da competição de seleções, com 18 taças (1963, 1966, 1967, 1969, 1976, 1977, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1986, 1989, 1990, 1996, 1999, 2000 e 2017).

O título conquistado na Bielorrússia passou pelas mãos de CoCo Vandeweghe, número 10 do ranking mundial, que foi o grande nome da final da Fed Cup ao vencer as três partidas que disputou. Além de Vandeweghe, Shelby Rogers, Sloane Stephens e Alison Riske, que não entrou em quadra, representaram os EUA na disputa pelo título. Lesionada, Bethanie Mattek-Sands também participou da campanha vitoriosa. 

Jogo

No primeiro set, as duplas estavam se adaptando a disputa e tentando tirar vantagem dos erros. Quem levou a melhor nesse aproveitamento foi Shelby Rogers e CoCo Vandeweghe, que aplicaram a quebra no sétimo game e abriram a vantagem no placar. Com mais tranquilidade, as norte-americanas garantiram a vitória na parcial, 6-3.

No segundo set, Rogers/Vandeweghe diminuiu o ritmo no início, e Aliaksandra Sasnovich/Aryna Sabalenka aproveitou para se tomar as rédeas do duelo. Com uma quebra no início e outra no final da parcial, a dupla da Bielorrússia cresceu na decisão. Porém, as norte-americanas não desistiram, devolveram os reveses e empataram o duelo no 10º game. No tie-break, a dupla dos EUA garantiu a virada e o título da Fed Cup, 7-6.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade