+ Notícias

  • Crédito: GettyImages Sport

    Sérvio falou abertamente sobre o assunto.

Djokovic torce por um tenista assumidamente gay

Sérvio tocou no assunto durante sua participação no ATP Finals e falou abertamente
Por: Redação - 27/11/2018 13:43:11
601 visualizações

Vice-camepão da edição 2018 do ATP Finals diante do alemão Alexander Zverev (#4), o sérvio Novak Djokovic (#1) foi questionado, durante uma de suas coletivas, sobre como lidaria com um tenista que se declarasse abertamente homossexual. A resposta do sérvio foi bem direta.

“Atualmente não há um jogador assumido no circuito profissional masculino. Seria uma decisão corajosa. Eu não teria absolutamente nada contra isso. Todos têm o direito de escolher sua orientação sexual segundo seus desejos”, declarou o líder do ranking, que lamentou que o mundo não tenha uma visão geral livre de preconceitos.

“Vivemos em uma sociedade que ainda tem lugares em que não estão preparados para aceitar isso ainda”, complementou o tenista sérvio, país em que desde 2017 tem uma primeira-ministra gay, Ana Brnabic. No entanto, ela tem sido criticada por não reduzir o número de ataques contra LGBTs.

Apesar de haverem casos no tênis feminino como Billie Jean King, Martina Navratilova, Casey Dellacqua, entre outras, o tênis masculino teve apenas um jogador de maior detaque a reveler sua homossexualidade no circuito desde a Era Aberta, o norte-americano Brian Vahaly, que apenas o fez após sua aposentadoria.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade