Davis Cup

  • Crédito: Getty Images Sport

    Marcelo Melo e Bruno Soares são os atletas mais experientes no confronto contra Barbados.

Quinteto definido na Copa Davis

Jaime Oncins mescla experiência com juventude para encarar Barbados
Por: Redação e assessorias/CBT - 09/08/2019 20:27:34

O Time Brasil vai forte para o confronto contra Barbados pela Copa Davis, nos dias 13 e 14 de setembro, em Criciúma (SC). A fórmula definida pelo capitão Jaime Oncins é a mescla da experiência com a juventude. O treinador os tenistas Marcelo Melo, Bruno Soares, Thiago Monteiro, João Menezes e Thiago Wild.

O duelo em casa contra Barbados, válido pelo Zonal Americano I, será realizado no saibro da Sociedade Recreativa Mampituba. As características da quadra foram uma escolha do capitão brasileiro: saibro, em local no nível do mar e com temperatura amena.

"Nós temos um bom grupo de jogadores, em diferentes níveis de experiência. Temos os atletas com mais experiência, que são os casos do Marcelo e do Bruno, com vários confrontos de Davis. Temos o Thiago Monteiro, que, apesar de ser jovem, já tem bastante experiência no circuito internacional, e também temos o João Menezes, que é um jovem que vem numa ascensão muito grande, coroada com o ouro no Pan. Temos também o Thiago Wild, que é um jovem buscando adquirir experiência no circuito internacional e que terá uma excelente oportunidade para trocar informações com todos esses jogadores", afirma Oncins.

Em quinto lugar no ranking de duplas da ATP, o mineiro Marcelo Melo é um dos atletas brasileiros com mais convocações no currículo para a Copa Davis, com 22 participações. Em bom momento no circuito internacional, ele está confiante com o novo momento da equipe.

"A expectativa é muito boa. Acho que venho jogando muito bem ultimamente e com certeza estarei pronto para defender o Brasil mais uma vez na Copa Davis. Vai começar um novo ciclo com o Jaime e acredito que ele vai ser um excelente capitão. Ele já jogou vários confrontos de Davis, tem uma experiência grande na competição e vai agregar muito para todos os jogadores", aponta Melo.

O otimismo é compartilhado pelo também mineiro Bruno Soares, 10º do ranking de duplas. Com 18 convocações e membro da equipe brasileira desde 2005, ele mantém o orgulho de representar o país numa competição por equipes. "A expectativa de voltar a defender o Brasil na Davis é sempre muito boa. É uma competição extremamente especial por causa honra máxima que é ser convocado, representar o país, a bandeira, e vestir a camisa da seleção. Tenho certeza que todo mundo vai chegar com foco máximo no objetivo, que é ganhar o confronto", destaca.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade